Buscar
  • Requião

Desembargador reconheceu vínculos de advogado de Beto com Carlinhos Cachoeira

Desembargador reconheceu vínculos de advogado de Beto com Carlinhos Cachoeira Em julgamento de uma ação no Tribunal de Justiça do Paraná, em setembro de 2010, o desembargador Domingos José Perfetto foi taxativo ao reconhecer o relacionamento de Carlinhos Cachoeira com o ex-secretário José Cid Campelo, hoje advogado dos irmãos Beto e Pepe Richa, e autor de medidas que liberaram bingos e caça-níqueis no Paraná, no governo Jaime Lerner. Naquele processo, Cid Campelo queria uma indenização de Luiz Fernando Delazari que, como Promotor de Justiça, investigara o envolvimento de Campelo com a jogatina no estado, e o fato dele ser proprietário oculto de duas casas de bingo. No julgamento da ação, o desembargador Perfetto diz que é inegável as ligações de Campelo com a empresa Larami, em que eram sócios Roberto Coppola e Carlinhos Cachoeira. Veja abaixo parte do voto Fo deesembargador: "Ademais, é inegável que a empresa denominada LARAMI atuou na área de vídeo loterias em nosso Estado. Os documentos acostados às folhas 111 e seguintes, comprovam o fato. Não só comprovam que atuou, como também a forma como atuou. Informam ainda o aparente interesse pessoal do autor junto à LARAMI. Resta lembrar que a LARAMI, tinha por sócia a empresa Brazilian Gaming Partners Participação, Administração e Empreendimentos Ltda. – BGP, cujo sócio gerente era o senhor Carlos Augusto de Almeida Ramos. Os documentos acostados às folhas 343 a 360 comprovam a assertiva. Já à folha 348, é possível verificar que o referido senhor Carlos era sócio gerente da empresa Brazilian Gaming Partners – BGP, que era sócia da Larami. Já à folha 356 (v. cláusula 7ª. Da administração), é possível verificar que o senhor Carlos Augusto de Almeida Ramos, sócio gerente a BGP, foi nomeado para administrar a LARAMI. Claríssimo portanto, que a LARAMI era administrada pelo senhor Carlos Augusto de Almeida Ramos, com poderes de gestão previstos no seu ato constitutivo e subseqüentes alterações. Inicialmente o nome de Carlos Augusto de Almeida Ramos parece desconhecido. Mas quem é o referido senhor? Na realidade o senhor Carlos Augusto de Almeida Ramos é também conhecido por "Carlinhos Cachoeira” (….) Assim, o senhor "Carlinhos Cachoeira" era o representante legal da LARAMI, gerindo seus negócios. Era ele quem tratava dos negócios da LARAMI. Logo, se o autor (isto é, Cid Campelo) possuía aparente interesse na LARAMI, então é fácil concluir que negociava ou tratava com seu representante legal, senhor "Carlinhos Cachoeira". Verdadeira, portanto, a afirmação da aparente tratativa entre o autor (isto é, Cid Campelo) e o senhor "Carlinhos Cachoeira". Condenado Cid Campelo foi processado pelo Ministério Público por ter regulamentado a atividade de jogo de bingo e dos caça-níqueis, e pela prática de crimes de prevaricação e de falsidade ideológica. Condenado a dois anos e oito meses de prisão, Campelo só não cumpriu a pena por ela ter sido prescrita. Atualmente, Cid Campelo é advogado do governador Beto Richa e de seu irmão Pepe Richa no processo que trata do desvio de 10 milhões e reais do DER, quando Pepe era diretor-geral do órgão. A denúncia de desvio foi feita pelo então governador Roberto Requião.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo