Buscar
  • Requião

Decreto de adesão da Venezuela ao Mercosul é promulgado

Decreto de adesão da Venezuela ao Mercosul é promulgado O Diário Oficial da União desta sexta-feira (07) traz a informação da promulgação do decreto do protocolo de adesão da Venezuela ao Mercosul, assinado em julho de 2006. Nesta sexta-feira, o Mercosul realiza uma cúpula de presidentes, que acontece em Brasília, para comemorar a entrada da Venezuela no bloco. O Decreto 7.859 promulga o Protocolo de Adesão da Venezuela ao Mercosul, firmado entre os Estados Partes e o presidente venezuelano em julho de 2006, em Caracas. Em dezembro de 2009, o Senado brasileiro aprovou o projeto de decreto legislativo que referenda o protocolo de adesão da Venezuela ao Mercosul. O texto aguardava promulgação do governo brasileiro. Argentina e Uruguai também deram sua aprovação. Para o senador Roberto Requião, presidente da Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul (Parlasul), a incorporação da Venezuela simboliza o fortalecimento do bloco. “O que pretendem os Estados Unidos e os países desenvolvidos da Europa, todos às voltas com dificuldades? Pretendem que Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Venezuela e outros países em desenvolvimento continuem sendo meros fornecedores de matérias-primas e de mão de obra barata. Para romper com esse modelo de tantos séculos, a saída é a unidade sul-americana, é o Mercosul”, afirmou Requião. Com o ingresso da Venezuela, o bloco soma uma população de 270 milhões de habitantes (70% da população da América do Sul), registrando um Produto Interno Bruto (PIB) em valores correntes de US$ 3,3 trilhões (o equivalente a 83,2% do PIB sul-americano) e um território de 12,7 milhões de quilômetros quadrados (72% da área da América do Sul), de acordo com o Itamaraty. “O PIB da Venezuela ultrapassa os 300 bilhões de dólares. Trata-se, portanto, de um mercado que vai oxigenar as economias do bloco. Isso vai beneficiar inclusive o Paraguai e sua produção de grãos de carnes”, assegurou o senador. O ministro de Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, declarou nesta quinta-feira que o Mercosul busca a forma "mais adequada e rápida" para a incorporação plena da Venezuela no bloco.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo