Buscar
  • Requião

CE sabatina e aprova nova diretora da Ancine

CE sabatina e aprova nova diretora da Ancine A Comissão de Educação, Cultura e Esporte, presidida pelo senador Roberto Requião aprovou, nesta terça-feira (11), o nome da advogada Rosana dos Santos Alcântara, para assumir o cargo de diretora da Agência Nacional do Cinema (Ancine). A advogada foi indicada pela presidente Dilma Rousseff, para assumir o cargo, que estava vago desde agosto de 2011, após a saída de Mário Diamante. Durante explanação aos senadores, Rosana Alcântara disse que é preciso que a Ancine e o parlamento mantenham diálogo permanente para o aprimoramento da regulamentação do setor. Em sua opinião, os conteúdos audiovisuais influenciam o cotidiano das pessoas. – Nunca houve uma sociedade tão audiovisual quanto a nossa. Trata-se de uma sociedade com elevadas exigências em comunicação, com enorme velocidade de atualização e de referências e busca incessantes de uma linguagem comum – observou. De acordo com a advogada, está em curso a mais expressiva expansão dos negócios audiovisuais desde a popularização da televisão nos anos 70 e o motor dessa transformação, segundo ela, é a classe C. Rosana Alcântara também frisou que o cinema brasileiro dobrou suas receitas em três anos e a TV por assinatura triplicou a base de assinantes nos últimos 5 anos. Ela afirma, que em 10 anos a demanda por conteúdos, canais de TV e salas de cinema tornarão o Brasil um dos 5 maiores mercados de audiovisuais do mundo. Mas, para se consagrar uma indústria forte no país ainda há muitos desafios, garante Rosana Alcântara. Segundo disse, o setor tem sentido uma falta sistêmica de profissionais qualificados. Para ela, a população brasileira merece um setor que esteja a altura do projetado no cenário mundial. Com a aprovação na Comissão de Educação, a indicação de Rosana Alcântara seguirá para avaliação do Plenário da Casa. Foto: Indicada ao cargo de diretora da Agência Nacional de Cinema (Ancine), Rosana dos Santos Alcântara responde sabatina na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE). À direita, presidente da CE, senador Roberto Requião (PMDB-PR) Crédito:Márcia Kalume/Agência Senado Agência Senado

0 visualização