Buscar
  • Requião

CE debate projeto que limita mandato de dirigente esportivo

CE debate projeto que limita mandato de dirigente esportivo A Comissão de Educação, Cultura e Esporte, presidida pelo senador Roberto Requião , realizou nesta quarta-feira (28) audiência pública para debater o projeto do senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) que limita os mandatos dos dirigentes esportivos. Na audiência, prevendo resistência dos “cartolas” à sua proposta, Cunha Lima pediu a mobilização permanente de atletas, parlamentares e dirigentes favoráveis para viabilizar a aprovação dos projetos no Congresso. Ele observou que seu projeto propõe uma regra de transição para garantir que os atuais dirigentes possam concluir seus mandatos. A intenção nossa não é personalizar. Não estamos aqui tentando atingir fulano ou beltrano. Queremos tentar começar a construção de um novo modelo para que o país possa avançar – disse o senador. Além de permitir apenas uma reeleição para esses cargos e restringir a quatro anos a duração máxima dos mandatos de cartolas no comando das entidades esportivas, a proposta do senador paraibano proíbe a nomeação de parentes para ocuparem funções nas instituições. Ausência A ausência do presidente do Comitê Olímpico Internacional, Carlos Arthur Nuzman, à audiência pode ser um indício disso, conforme apontaram o jornalista esportivo José Cruz e o deputado Romário (PSB-RJ). Por meio de ofício encaminhado ao colegiado, Nuzman alegou que não participaria do debate em função de compromissos da entidade no exterior. O COB também recusou enviar um representante, alegando que o assunto deve ser tratado pelo próprio presidente da instituição. Nuzman foi eleito em outubro para o quinto mandato consecutivo à frente do comitê. Não é saudável para o esporte brasileiro o Senado Federal promover um debate dessa importância e não ter um representante do COB. O presidente Nuzman é devedor desta comissão. Na última vez que aqui esteve, ausentou-se do debate, deixando um grande constrangimento – lembrou Cruz. Participaram da audiência Andrew Parsons, presidente do Comitê Paraolímpico Brasileiro; Ana Moser. Presidente da ONG Atletas pela Cidadania; e o jornalista José Cruz, especialista em políticas de esporte. Estiveram ainda presente à reunião a ex-jogadora de basquete Hortência Macari, o ex-jogador de futebol Raí de Oliveira, diretor da ONG Atletas pela Cidadania, o ex-jogador e deputado Romário , Carmem de Oliveira, da ONG Atletas pela Cidadania e o piloto Luiz Garcia Júnior. Com Agência Senado

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo