Buscar
  • Requião

A homenagem dos Meninos e Meninas de Angola a Requião

A homenagem dos Meninos e Meninas de Angola a RequiãoOs Meninos e Meninas de Angola, cegos vítimas da guerra civil naquele país e acolhidos em Curitiba, compuseram uma música para a campanha do candidato ao Senado Roberto Requião. A homenagem, surpresa, havia sido apresentada a Requião no início deste mês, quando o candidato embarcava no Aeroporto Afonso Pena para Foz do Iguaçu, para participar de comício com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Agora, os meninos e meninas gravaram a música em estúdio. A homenagem foi transformada em vídeo clipe.A autoria da letra e da melodia é do próprio grupo. Em versos, os meninos e as meninas cantam alguns programas implementados por Requião como governador do Paraná e pedem votos para ele, para o Senado. “Que presente, uma maravilha! Assim vocês me emocionam”, disse Requião, ao abraçar os meninos e meninas assim que eles apresentaram a canção.Os meninos e as meninas contam que a música foi a forma que encontraram de expressar o reconhecimento deles pelo trabalho de Requião. “Foi uma maneira que nós achamos de dizer a ele que nós sabemos o que ele tem feito pelo Paraná. Nós acompanhamos os dois governos dele, já que estamos aqui há nove anos”, conta Wilson Madeira, vocalista do grupo.Wilson continua: “confiamos no Requião para o Senado. É algo além dos olhos. Não precisa enxergar. Basta sentir. Pela voz dele a gente percebe que ele é uma pessoa que fala pelo povo. Uma pessoa que fala o que realmente ele é por dentro. Tanto que fala sem medo”.Outro integrante da turma, Maurício Tchope também dá seu testemunho. “Para saber se uma pessoa é boa não precisa enxergar. É só chegar perto e, pelo jeito que a pessoa trata, como fala, já dá para ver a sinceridade da pessoa.”Confira a letra da música:“Pra ser minha voz no Senadotem que ser alguém de confiançaAlguém que eu conheça de verdadee de quem eu tenha boas lembrançasPor isso vou votar naquele que fala, faz e sustentanele eu sei que posso confiarEle merece o meu voto pelo muito que foi feitoquando foi governador do ParanáDeu leite para as crianças,luz fraterna pra populaçãoConstruiu mais hospitaismelhorou a educaçãoEle não é só mais um, é verdadeiro, é irmãoO número dele é 151e o nome dele é RequiãoEu voto em Requião para o SenadoEu voto 151 com muito amor”Sobre os Meninos e Meninas de AngolaOs Meninos e Meninas de Angola nasceram durante a Guerra Civil. Quando crianças, brincavam com resquícios de granadas, minas e outros objetos da guerra e ficaram cegos pelos acidentes que sofreram. Os jovens vieram para Curitiba em 2001 com o objetivo de estudar. As crianças aprenderam a jogar futebol, nadar e se dedicaram à música, aprendendo a tocar vários instrumentos. Hoje, são cantores talentosos que, em dialeto angolano, cantam músicas sobre o sofrimento do seu País. Para eles, a música é uma forma de superação.

0 visualização